Recolhimento atrasado? Veja novas regras do INSS para autônomos, MEI e trabalhadores domésticos!

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) mudou as regras para aposentadorias de trabalhadores autônomos, domésticos e os formalizados como Microempreendedor Individual (MEI). Desde o dia 22 de novembro, profissionais que se encaixam nessas categorias e que estiverem com seus recolhimentos atrasados só poderão entrar no cálculo do tempo mínimo de contribuição se estiverem contribuindo com a Previdência Social.